Skip to content

«Memorial do Convento» no Exame de Português de 12º ano (2012)

Junho 19, 2012

Sugestão de resposta à questão B

 

(número máximo de palavras: 130)

 

Os operários, ignorantes, defeituosos e grosseiros, são os heróis de Memorial do Convento, pois foi a eles, e não ao rei, que se ficou a dever a construção do Convento de Mafra.

            Conquistaram a heroicidade porque D. João V, autoritário e insensível, ordenou que eles fossem brutalmente angariados para apressar as obras de um monumento à sua vaidade, sem respeito pela sua vontade (os homens que fugiam eram duramente castigados pelos quadrilheiros) e pelas suas famílias; permitiu que se aglomerassem em condições sub-humanas na ilha da madeira onde padeciam de fome e doenças; foram obrigados a transportar a pedra Benedictione, na nau da Índia, de Pêro Pinheiro até Mafra, em indescritível agonia, como exemplifica a morte de Francisco Marques.

            Atribuindo  o estatuto de heróis a estes homens, o narrador homenageia-os, resgatando-os do esquecimento.

 

(consultar os capítulos 17, 18, 19 e 21 de Memorial do Convento)

Anúncios
No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: